O Tijolo Verde
Sinopse

Os amigos de infância descobrem juntos uma pequena planta nascendo dentro de um tijolo, a partir dela resolvem buscar possibilidades de cultivar diferentes plantas em diferentes lugares, como em vasos e recipientes que acham em um latão de lixo.
Com essa “plantação feita em cena”, cria-se um cenário, onde João, um engraçado e faladeiro boneco que mora dentro de uma mala resolve contar suas divertidas histórias: como a de Escarlete, a minhoca cantora de ópera, Severino, o pássaro velhinho que mora na cidade grande, e D. Rosa, a história de uma senhora que com saudades de sua roça, resolve cultivar suas plantações numa pequena varanda de seu apartamento, mudando assim a rotina dos moradores do prédio.

Durante toda a contação as crianças são convidadas a participar ativamente. Objetos se transformam em personagens. Por exemplo: um conduite, passa a ser a minhoca cantora de ópera (crianças aprendem tirar o som do mesmo), D. Rosa é humanizada através de uma rosa de tecido, Severino é uma peteca, pratos, bambolês, se tornam volantes, uma velha e furada caneca tem a função de fazer chover, e assim por diante. A exploração de objetos simples passa a ter grande função sob o olhar de uma criança após essa contação interativa.

 

Ficha Técnica

Criação: Talita Cabral
Atores/cantadores/contadores:

Talita Cabral e Rodrigo Régis
Figurinos: Cida Guandalini, Iêda Rodrigues e Sara Batistela
Composição e direção musical: Rodrigo Régis​
Adereços: Cia Navega Jangada