Ficha Técnica

Criação: Talita Cabral
Atores/cantores: Talita 
Cabral, Rodrigo Régis e Caio Merseguel

Músicas: Rodrigo Régis
Figurinos e adereços: Mauro Martoreli, Cia Navega Jangada

e Iêda Rodrigues

 

A Cia Navega Jangada apresenta uma intervenção poética e musical. Como característica da Cia, pode-se encontrar também neste projeto, boneco (esta, não sendo atividade específica para crianças), músicas compostas pela própria Cia e outras resgatadas de nossa cultura.


“... eu vim do mar, vim pra cantar, meu pequeno barco em verso, eu canto meu universo... melodias ao mar...” 

Cia Navega Jangada
 

Três cantadores, “cantam e contam” através de composições e poesias que remetem a tranqüilidade, beleza, amor, saudade. Um grande barco é reduto de objetos, instrumentos, boneco, e pequenos barcos de papel. Assim como a Maré que tem carinhosamente a função de levar ao mar ou devolver às areias, a Jangada presenteia o público com elementos trazidos pelas ondas: pequenos e coloridos barcos de papel são melodiosamente distribuídos aos que compartilham com a apresentação da Cia, levando consigo palavras e mensagens poéticas e encantadoras.
Numa grande rede de pesca, peixes com palavras escritas que serão pescados pelo público são o mote para uma nova intervenção, seja ela através de poesia, música ou história.

 

Pequeno Barco em versos
Sinopse