temos vagas
Proposta de encenação e música

        Seguindo uma das linhas de pesquisa da Cia, este espetáculo não possui nenhuma fala. A linguagem não verbal permeia o trabalho da Cia a cerca de 6 anos, quando estreou Balonário (um de seus espetáculos de bonecos). A ausência da fala neste caso é enriquecida quando a música exerce uma função narrativa, climatizando e por vezes pontuando as cenas. Os atores são direcionados pela diretora Talita Cabral, seguindo um treinamento corporal de circo, máscaras, além de jogos e improvisações.

 

              Dizemos que este espetáculo é circense e musical, pois a Cia aprofundou sua pesquisa em Temas Musicais Circenses antigos e ritmos como Dixieland, Gypsy Jazz e Klezmer.

      O diretor musical e compositor Rodrigo Régis, compôs para este trabalho temas musicais a partir desta intensa pesquisa, e para poder dar vida a esta musicalidade, conta na cena com instrumentos como: bateria, baixo acústico, trombone, saxofone e guitarra. A música neste espetáculo exerce função primordial, salientando e enriquecendo a agilidade dos atores, as cenas e suas situações.